JEOCAZ LEE-MEDDI – VIRTUÁLIA (Um Convite)

março 4, 2008


No ápice de um mundo contemporâneo, globalizado e digitalizado, muito já se foi dito, muito há o que se falar. Muito mais o que se registrar. A informação é rápida, instantânea, nasce, propaga-se e morre com a mesma intensidade de um relâmpago no céu. Começar um blog é quase que começar um diálogo com o imprevisível, com a surpresa de quem está do outro lado. Um manifesto contemporâneo, um manifesto cotidiano de um século incipiente e movido pelas emoções banais e virtuais das comunicações.
Este blog vai ser escrito em uma linguagem direta, mas elegante. Terá as portas abertas para todos aqueles que dele necessitar para informar, acrescentar e traduzir o cotidiano. Sucumbir o marasmo do seu potencial escravista.
Nos dias de hoje classificamos tudo, os amigos, a família, as cidades, os sentimentos. Eu tenho amigos que por exigência performática, posso classificá-los em:

Amigos da Geração Desbunde
Amigos das Diretas Já
Amigos da Geração Cara Pintadas
Amigos da Geração PT Poder

Cada um traz uma faixa etária e uma visão de vida que faz de nós um arquivo inconfidencial e exposto aos erros e acertos da história recente deste país e do mundo.
VIRTUÁLIA é isto, um conjunto de textos classificados por temas: POLÍTICA, MEMÓRIA, CULTURA, PERSONALIDADADES, LITERATURA, DESATINOS, etc. Independentes de credo religiosos ou ideologias, se é que elas existem numa época que já caiu o muro de Berlim e impérios se desfizeram ao pó das dialéticas.
Convido-os para um café virtual. Uma tertúlia informal e sem dialéticas. Entre, clique, leia, escreva, opine. A casa é sua.
Bem-vindos à VIRTUÁLIA!

Por Jeocaz Lee-Meddi

Anúncios